Eco-Assecre

ASSECRE busca soluções ambientais

CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL É A META DE PROJETO DESENVOLVIDO PELA ENTIDADE

A ASSECRE promoveu, no mês de novembro, o projeto piloto de uma campanha ecológica e socioambiental, que tem como objetivo dar o destino correto aos resíduos recicláveis e não recicláveis gerados pelas 242 empresas associadas à entidade.
 
Por meio do projeto ECOASSECRE, a associação pretende enviar um questionário para as companhias instaladas no Chácaras Reunidas para identificar a quantidade e o volume dos resíduos por elas produzidos. O próximo passo consiste em coletar os materiais identificados pelo formulário, disponibilizando-os à reciclagem ou enviando-os ao destino mais adequado.
 
“Resíduos recicláveis como embalagens plásticas e papéis de escrever serão, imediatamente, destinados à reciclagem. Já os não recicláveis, como tubos de televisão, válvulas, lâmpadas e pilhas poderão, por exemplo, ser vendidos a indústrias que utilizam esses materiais como matéria-prima. Haverá, portanto, retorno financeiro”, explica o Conselheiro da ASSECRE Adalberto Morales.
 
No momento, somente as 25 empresas que possuem representantes na coordenação e no conselho da ASSECRE participam do projeto. “Mas, queremos, em breve, estender a ação à comunidade e para todas as 242 associadas definindo a quantidade total e os tipos de resíduos que cada companhia instalada no Chácaras Reunidas gera e, a partir disso, propor soluções para reduzir impactos no meio ambiente”, completa Adalberto.
 
Ação Ecológica Comunitária - Coleta de Oleo de cozinha usado
A ASSECRE, em parceria com a Cooperativa São Vicente, disponibilizará em sua sede, ainda este ano, uma bombona de 1.000 litros para receber óleo de cozinha usado de toda a comunidade do bairro, mais seis bombonas de 200 litros estão disponíveis e poderão ser solicitadas por empresas associadas instaladas no bairro, para a coleta junto aos funcionários. “Estes que trarão de suas residências, abrangendo um maior número de domicílios”, explica a coordenadora Angela Grou.
 
A Cooperativa São Vicente periodicamente fará a coleta desse óleo com caminhões especiais para posteriorenvio à reciclagem. Também será disponibilizada uma bombona de 200 litros para ser instalada na Escola Estadual Elmano Ferreira Veloso numa campanha junto aos alunos.
 
Na cooperativa, o óleo recolhido será armazenado em um galpão com capacidade para 10 mil litros, onde passará por um processo de purificação. O produto final será um óleo limpo e reciclado, destinado a empresas especializadas na fabricação do biodiesel – combustível renovável a ser adicionado ao diesel para mover a frota brasileira de caminhões.
 
“Trata-se de uma ação de conscientização ambiental e que requer o apoio de uma entidade como a ASSECRE para que as pessoas tenham mais facilidades e sintam-se interessadas em contribuir para a preservação do meio ambiente”, destaca o voluntário da Cooperativa São Vicente e engenheiro mecânico e de segurança do trabalho Paulo Peneluppi.
 
O óleo de cozinha, quando jogado fora erradamente, contamina o lixo comum e os esgotos e também compromete as tubulações e caixas de gordura das edificações e das estações de tratamento de água. Por isso, a necessidade de sua imediata transformação em óleo vegetal beneficiado.

- Visualizar todos

© 2011 Assecre - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: DB9

Rua Loanda, 895 – Chácaras Reunidas – São José dos Campos/SP – CEP 12.238-330 Tel.: 12 3201-6844